Por que os alunos trocam de escola?

Por que os alunos trocam de escola?

Mais difícil do que conquistar novos alunos é manter os estudantes já matriculados e que por algum motivo encontram-se insatisfeitos.  A transferência de alunos pode ser prejudicial às instituições de ensino a medida que evidencia problemas na gestão e afeta diretamente no planejamento estratégico e financeiro das escolas.

A qualidade do ensino não é o único fator a ser considerado pelos pais e alunos quando o assunto é o bem-estar na escola. Pensando nisso, separamos os principais motivos que levam os estudantes a migrarem para outra instituição de ensino:

 

Abertura de uma nova escola: instituições que iniciam com propostas diferentes para ensino, como o programa bilíngue, por exemplo, retém a atenção de vários pais e alunos, o que pode gerar uma mudança em peso para a nova escola.

Ranking dos vestibulares: a tendência é que os alunos de ensino médio acompanhem os resultados das provas que permitem o ingresso nas universidades. Quando sua própria escola não faz parte de um ranking que apresenta alto número de aprovações pode ser que isso gere certa insegurança quanto ao nível de ensino e faz com que o mesmo busque outras referências.

Inexistência de atividades extracurriculares: escolas que não ofertam atividades esportivas e culturais no contra turno podem desestimular os alunos que buscam desenvolvimento nessas áreas.

Baixo desempenho escolar: alunos que não apresentam boas notas e índices de aprendizado satisfatórios tendem a transferir para outra instituição a fim de evitar reprovação ou até mesmo para buscar outro método de ensino.

Valores morais e éticos divergentes: quando o aluno frequenta uma escola que não condiz com seus modelos religiosos, morais, éticos e políticos é provável que os pais não se identifiquem com os valores propostos e busquem outra escola compatível com essas questões.

Infraestrutura inadequada: ambientes sujos e com pouca ou nenhuma tecnológica interferem na insatisfação dos pais e alunos que buscam melhor infraestrutura.

Motivos financeiros: a demissão de um membro da família ou aumento das mensalidades pode implicar em dificuldades para os responsáveis financeiros que acabam por buscar uma instituição de valor mais acessível para sua nova realidade.

Bullyng: alunos que sofrem com apelidos vexatórios e discriminação dentro do ambiente escolar recorrem aos seus pais para troca de escola como uma forma de eliminar o problema apresentado.

Apesar de esses aspectos possuírem grande influência para a transferência de alunos é possível elaborar algumas estratégias para retenção deles, como por exemplo:

– Aperfeiçoar o projeto político-pedagógico e inserir temas extracurriculares a serem trabalhados em palestras, bem como aulas de teatro, música e esportes.

– Inserir um programa de bolsas para alunos que apresentarem atrasos nas mensalidades de modo a evitar a inadimplência e transferência escolar.

– Capacitar a equipe de profissionais que atua na escola por meio de treinamentos e atividades motivacionais.

– Investir em tecnologia para organizar os processos administrativos e educacionais, assim como facilitar a comunicação entre alunos/responsáveis e gestores.

 

Alguma outra questão na sua escola já interferiu para evasão de alunos? Compartilhe conosco!

Deixe um comentário