Erros na gestão escolar que podem quebrar sua escola

Erros na gestão escolar que podem quebrar sua escola

Sabemos que a gestão escolar funciona para promover organização e garantir qualidade na rotina de formação dos alunos, podendo ser divida em diferentes setores: pedagógico, administrativo, financeiro, recursos humanos, comunicação e eficiência dos processos.

Para um bom funcionamento dos processos educacionais esses setores de gestão precisam estar alinhados entre si, ou seja, as necessidades devem ser solucionadas em todos os pilares para que não haja pendências e prejuízos no cotidiano escolar, visto que uma administração falha acarreta em inadimplência financeira, queda de matrículas e abandono escolar.

Com essas consequências negativas a tendência é que a instituição de ensino caminhe a falência, portanto, separamos os erros mais frequentes que acontecem na gestão para que você fique atento e busque soluções.

ERROS MAIS FREQUENTES NA GESTÃO ESCOLAR

– Planejamento inadequado: quando as práticas e ações educacionais não são bem definidas e revistas ao longo dos meses é provável que os imprevistos e a falta de planejamento transpareça uma desorganização nas atividades de rotina, como por exemplo uma feira de ciências elaborada em cima da hora ou uma reunião de pais sem pautas definidas. No setor financeiro a inexistência de um planejamento também implica em caos, pois a falta de controle dos gastos e receitas andam de mão dadas a inadimplência.

– Desvalorização dos profissionais: uma equipe motivada é essencial para apresentar qualidade no trabalho executado e com isso manter os alunos retidos na escola. Portanto, é necessário investir em recursos humanos, planejamento salarial e capacitação para manter a equipe satisfeita e de modo a estimular a busca pelo aprendizado e bem-estar dos estudantes.

– Não dar espaço a pais e alunos: esse é um fator que contribui, e muito, para que um aluno solicite sua transferência escolar. Antigamente as instituições de ensino possuíam um modelo mais rígido de administração e apenas algumas pessoas participavam das decisões, entretanto, hoje evidenciamos a importância da comunidade estar envolvida nas atividades e escolhas, visto que suas contribuições são de suma importância para atender suas necessidades e garantir um bom funcionamento escolar.

– Ausência de tecnologia ou sistemas despreparados: não investir em softwares de gestão escolar faz com que os gestores gastem tempo em atividades que podem ser automatizadas para dar espaço a outras tarefas mais prioritárias. Além disso, há uma exposição maior a erros de planejamento, falhas no controle financeiro e inexistência de um acompanhamento eficaz de desempenho, já que a tecnologia é a única capaz de garantir essa extrema qualidade.

Perceberam como os erros durante a gestão escolar podem levar sua escola às ruínas? Investir em um bom planejamento e ferramentas de software são medidas preventivas que precisam ser adotadas!

Deixe um comentário